Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gosto de sapatos. São os meus pés que suportam o meu corpo e me permitem movimentar. Merecem o melhor par de sapatos que a minha carteira puder pagar.


Botas ou botins da Chloé.... Bom, larpar, larpar, não será bem o caso. Mas, foi difícil fazer ali o trocadilho no título e desculpem a fraca criatividade mas, hoje na noite das bruxas, foi o melhor que consegui. Enquanto todos se estão a preparar para uma noite de rambóia ou já estão na própria rambóia, aqui por casa não somos grandes adeptos desta comemoração. Aliás, o tamanho 35 passa bem sem este dia e até sem o Carnaval: por um lado é bom porque não tenho que me preocupar com máscaras e saí-me mais barato; por outro lado o raio do miúdo nisto não saiu mesmo nada à sua querida mãezinha, sempre pronta (na sua já longínqua juventude) para a brincadeira. Como dizia, assuntos mais importantes se discutiam cá por estes lados, ignorando totalmente a pseudo celebração de hoje, tais como: onde é que se poderia comer um bom cozido à portuguesa amanhã? Isto sim, é um assunto de interesse nacional até porque procura-se um cozido tradicional e não uma daquelas reinvenções que agora são moda por parte dos Chef's. No topo da lista surgiu a Adega da Tia Matilde mas, como aquilo costuma ser um ninho de águias e eu tenho um leão cá por casa, vamos respeitar o adversário. As terças feiras também não são o dia típico deste prato, por isso mais umas quantas pesquisas, passando pelo Orelhas, Faz Figura, Rio's (o meu preferido) e chegou-se a uma solução brilhante (como sempre): vai-se aqui ao restaurante da esquina e pode ser que tenham e pimba, toma lá com um take away, ou na ausência desta gloriosa iguaria descongelam-se uns bifes e siga, também serve. Mas e então as Chloé? Ah, pois isto é um blogue de sapatos, não de lifesytle ou gourmet. Claro, claro, Chloé minhas amigas, quem me dera que morassem no meu roupeiro. Já o inverno passado babei por vocês e este ano cá continuam em força nos pés das carteiras mais recheadas. São um calçado statement, marcam qualquer outfit; o que é que eu quero dizer com isto? Simples: podem estar vestidas da forma mais simples e discreta que com estes meninos calçados e por onde passarem todas as cabeças se vão virar. São no entanto, um pouco como alguns perfumes (o Angel para mim): ou se amam ou se odeiam, não existe o mais ou menos. Eu amo mas, não pude despender da quantia. Encontrei o ano passado algo que cumpre o objetivo (mas não as substitui) na Primark e que orgulhosamente vou calçando. Boas doçuras ou travessuras!!!image.jpeg

E agora as originais que este ano existem nas versões.... Veludo e cano alto!!!

image.png

image.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D